O PODER DO EVANGELHO DE CRISTO - Pastor Clari Mattos

ESTUDOS

O PODER DO EVANGELHO DE CRISTO

Publicado: outubro, 2017

“Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego” (Rm 1.16).
Já de há muito que o mundo conhece, exerce ou sofre efeitos de variados tipos de poderes. Já vimos muito do poder físico como o caso bíblico de homens fortes como o Sansão. O poder bélico, já foi demonstrado pelas antigas batalhas em guerras memoráveis, bem como pelas chamadas superpotências modernas. O poder intelectual já ficou demonstrado em vários episódios da história da humanidade também, através dos grandes oradores e filósofos, um exemplo bíblico parece ser um tal orador chamado Tértulo (At 24.1,2). O mundo conhece também os poderosos economicamente, tanto individual como nacionalmente, aqueles para os quais não existem crises!
Há um nobre tipo de poder que se chama de poder moral, o qual é igual a virtude.
Modernamente tem sido usado o termo empoderar, com o sentido de “ ato de dar ou conceder poder para si próprio ou para outrem. O ato de empoderar é considerado uma atitude social que consiste na conscientização dos variados grupos sociais, principalmente as minorias, sobre a importância do seu posicionamento e visibilidade como meio para lutar por seus direitos”. Dessa definição, podemos entender o que tanto ouvimos, especialmente pelo movimento feminista falando do empoderamento da mulher.
A bíblia fala de todos estes poderes e também de poder espiritual do mal, identificado como belzebu e besta (Mt 12.24).
Mas, o texto fala do PODER DO EVANGELHO.
Primeiramente este PODER é identificado como UM PODER DIVINO.
Com o adjetivo divino, queremos proclamar que a origem, a fonte ou a base desse poder é o próprio eterno Deus e seu propósito (Ef 1.11);
Este poder tornou-se disponível a todos os que creem, mediante a encarnação, vida, obra, sofrimento e morte do Filho de Deus – Jesus;
Na realidade do hoje, para os crentes, este poder, é manifestado pela obra ou ação do Espírito Santo residente no salvo (Jo 14.23).
O EVANGELHO É PODER PARA SALVAR.
Em segundo lugar o poder do evangelho é um PODER SALVADOR.
Alguns tipos de poderes do mundo estão à serviço da destruição, como o bélico, há também poderes gerando escravidão cruel pelo domínio. É só lembrar da terrível realidade do poder das armas de fogo nas mãos de bandidos em geral, no mundo todo.
A realidade cruel do poder econômico injusto que isola os ricos em verdadeiros paraísos na terra, deixando de fora à mercê da miséria uma leva muito grande de seus semelhantes. Ao falarmos de salvação, precisamos explicar que ao tratar do tema, a bíblia tanto fala de salvação circunstancial quanto de libertação eterna da alma.
EM RELAÇÃOAO PASSADO.
No texto em destaque, Paulo fala certamente da salvação da alma, no sentido de ser sermos livres da CONDENAÇÃO ou castigo eterno em consequência da culpa gerada pelo pecado na vida do homem (Rm 5.1; 8.1). Com esta bênção, estou seguro quanto à eternidade de minha alma, mediante a declaração divina de que estou JUSTIFICADO pela fé em Cristo! Este é aspecto passado da salvação.
NO TEMPO PRESENTE
Quanto ao tempo presente da salvação, a eficácia do Evangelho se faz sentir no fato incontestável de que, hoje quem está em Cristo vive uma vida de vitória sobre o pecado (Rm 6.14). Este aspecto da salvação chama-se SANTIFICAÇÃO prática.
E SALVAÇÃO, NO FUTURO?
Os benefícios do evangelho de Cristo também contemplam o futuro de cada salvo, sua existência na eternidade. Nesta dimensão futura, está inserida a garantia de que estaremos salvos da PRESENÇA do pecado (Rm 8.23; Fl 3.21). Expressões como “redenção do corpo e corpo glorioso”, é a forma com que o apóstolo se refere a esse auspicioso tempo porvir para o salvo! Se hoje nos desgastamos física e emocionalmente, com os sofrimentos causados pela ação deletéria do pecado, tanto em nós como naqueles que conhecemos e amamos, é indescritivelmente bom saber que tudo isso terá um fim definitivo! A palavra salvação, na bíblia conforme definições dos originais, trazem as ideias de segurança, preservação, cura e perfeição! E, então se cumprirá tudo o que o Senhor quis dizer com a célebre frase “está consumado”! (Jo 19.30).
O EVANGELHO É UM PODER UNIVERSAL
1. Primeiro porque os benefícios da salvação são oferecidos a todos indistintamente (Jo 3.16; 1Tm 2.4).
É bem fácil percebermos que neste mundo imperfeito, por causa do pecado, a disponibilidade dos poderes humanos como o econômico, o bélico, o intelectual, o político etc., que tanto bem podem trazer ao ser humano, não estão efetivamente à disposição de todos, mas somente beneficiam alguns em certas circunstâncias, é bem seletivo! Porém, glória a Deus pelo seu poder que está sempre e em todos os momentos disponível a todos!
2. Seu poder é suficiente para alcançar a todos (Hb 7.25; Mt 28.18).
Ainda que os tipos de poderes do mundo sejam fortes, grandes abrangentes e impressionantes, jamais podem alcançar literalmente a todos, em todo os lugares por uma série de fatores, mas o poder de Deus alcança a todos que creem!
3. As condições para se beneficiar de sua provisão estão, definitivamente ao alcance de todos (At 16.31).
Há sempre algumas condições não preenchidas para o usufruto dos vários tipos de poderes que há ou foram criados pelo homem, às vezes é o preço monetário que impossibilita muitos de serem contemplados, outras vezes o simples fato de alguém estar em determinado lugar ou ter uma ideia diferente, o incapacita a se beneficiar de alguns tipos de recursos ciados pelos homens.
Mas, graças a Deus, o poder divino, conforme a revelação, está ao alcance de qualquer pessoa, em todos os imagináveis lugares do planeta estejam em que estado estiverem!
Amém!
Pr. Clari Mattos.


Comentários no Facebook