ESTUDOS

O QUE ESPERAR DE UM LÍDER PROFÉTICO.

Publicado: outubro, 2019

“E todo o Israel, desde Dã, ao norte, até Berseba, ao sul, sabia que Samuel havia sido confirmado como profeta do Senhor” (1Sm 3.20).
Líder no sentido geral é uma pessoa com autoridade e carisma para comandar outras; é alguém que, por seu prestígio e influência, comanda, orienta, incentiva outras pessoas em suas atividades;
Líder é aquele que sabe para onde vai e consegue influenciar outros para o acompanhar, etc.
Ensino da Bíblia sobre liderança.
O conceito bíblico de líder aponta para a capacidade de servir, não ser servido. Há diferentes tipos de líderes na história sagrada, mas todos estiveram debaixo da liderança de Deus, que é o grande e maior líder e temos o melhor exemplo de liderança na pessoa de Jesus.
Tipos de líderes na Bíblia.
Líderes políticos – Tratavam do país, das leis e da justiça, como reis tal como o foram Davi, Salomão, Juízes, como Moisés e Josué, governadores, como Hamã e Pilatos Líderes de guerra – Organizavam os exércitos e traçavam estratégias ou planos para vencer, foram guerreiros, como Gideão, Sansão, Sísera e Joabe.
Líderes administrativos – Foram aqueles que souberam organizar as funções de diferentes trabalhadores e gerir finanças e outros recursos, como José, Esdras e Neemias.
Líderes espirituais – Aqueles que ensinavam e guiavam o povo para o arrependimento e a reconciliação com Deus, ajudavam as pessoas a crescer espiritualmente, como Jesus, Samuel, Isaías os levitas etc.
Líderes de família – Especialmente na época patriarcal que tomavam conta de suas famílias e protegiam-nas, tinham um papel importante na educação dos filhos, como Abraão, Jacó e Jó
Um líder pode ser autoridade em várias áreas, como Davi que foi líder na política como rei, na guerra como soldado guerreiro e no âmbito espiritual, pois até hoje ele é considerado um homem segundo o coração de Deus (1Sm 13.14; At 13.22).
Mas em Samuel temos um líder profético, ou seja, ele foi cabalmente reconhecido por toda a nação como tal, é o que encontramos em 1Sm 3.20.
Profeta biblicamente, é ser o porta-voz de Deus.
Deste homem ou mulher que se identifica com esta honrosa função se espera uma mensagem que pode ser desdobada em três grandes objetivos gerais conforme entendimento do apóstolo Paulo em 1Co 14.3:
“Mas o que profetiza fala aos homens, edificando, exortando e consolando”. Na versão NVT temos: “Mas aquele que profetiza fortalece, anima e conforta os outros”.
Um líder profeta cuidará sempre da edificação ou fortalecimento dos seus ouvintes na verdade da Palavra de Deus que realmente liberta (Jo 8.32). Essa mensagem por ser a verdade absoluta e não relativa do Senhor, muitas vezes vem como uma repreensão dura por conta de erros cometidos, outras vezes será uma correção de rota, o que pode não agradar a todos.
O segundo compromisso do profeta é “exortar”, o que na linguagem das escrituras quer dizer aconselhar ou animar alguém que possa está para baixo em sua autoestima ou em sua fé em Deus. Consiste em uma exortação à obediência ao que Deus exige dos seus nas mais diferentes situações.
E para completar sua tríplice tarefa, o profeta e líder em Deus, precisa estar preparado e em condições de, não apenas edificar e exortar, mas também “consolar” ou confortar, afinal até os heróis da fé, como Davi, por vezes precisam de um conforto ou consolo. Lemos em 1Sm 23.16 que “Jônatas, o filho de Saul, foi encontrar Davi e o animou a permanecer firme em Deus”.
Conforme este texto específico, aprendemos que um profeta verdadeiro e fiel ao seu chamado deverá se enquadrar nestas diretrizes para que seja útil ao reino de Deus.
Sobre o nosso personagem, o profeta Samuel, podemos claramente ver esse líder cumprindo com a tarefa de ensinar a Palavra de Deus a toda a nação, inclusive indo de cidade em cidade ( 1Sm 7.16), em contraste com o líder anterior que sempre aparece “sentado numa cadeira”, obeso e sem pulso firme para repreender seus próprios filhos (1Sm 1.9;4.13,18; 3.13).
E como já é de conhecimento geral, é na bíblia, a Palavra revelada de Deus que encontramos todo o conteúdo necessário e útil para nossa vida de peregrinos nesta terra!
“Essas coisas foram registradas há muito tempo para nos ensinar, e as Escrituras nos dão paciência e ânimo para mantermos a esperança” (Rm 15.4);
“Essas coisas que aconteceram a eles nos servem como exemplo. Foram escritas como advertência para nós, que vivemos no fim dos tempos” (1Co 10.11).
Paulo como profeta autêntico em um discurso de despedida para uns anciãos de Éfeso, lembra que também cumpriu sua missão de forma cabal entre eles e tem a consciência tranquila!
“Vocês sabem que jamais deixei de anunciar o que fosse proveitoso e de ensinar isso a vocês publicamente e também de casa em casa” (Atos 20.20).

Amém!
Pr. Clari Mattos.


Comentários no Facebook